Consolidação da Dívida – Brasil

Se você tiver dificuldades com a reembolsar a sua dívida, você precisa encontrar uma solução adequada da maneira mais rápida possível. Uma das estratégias mais eficazes que você pode adotar é a consolidação da dívida. Trata-se de envolver toda a sua dívida existente em uma única conta de empréstimo. Isso resultará em um único pagamento mensal, que é menor do que o valor total pago em todos os empréstimos usados ​​anteriormente e cartões de crédito todos os meses. Você vai ter mais renda disponível para gastar e seu risco de incumprimento sobre o novo empréstimo será menor. Você deve apontar para obter uma menor taxa de juros sobre o empréstimo de consolidação.

Como consolidação da dívida pode ajudar

A flexibilidade é um dos principais benefícios da consolidação da dívida. Você pode adotar uma estratégia individual com base em suas necessidades e exigências. A utilização de um cartão de crédito interesse 0% é um dos mais básicos e estratégias mais eficazes. Depois de obter o cartão, é preciso transferir os saldos pendentes em todos os seus outros cartões de crédito a ele. Desta forma, você não terá que pagar os juros sobre sua dívida de cartão de crédito atual. Ele não vai crescer e isso vai permitir que você pagá-lo com mais facilidade e rapidez. Você tem que planejar as coisas de modo que você pode pagá-lo na íntegra antes do período de juros 0% extremidades.

Também é possível usar uma casa empréstimo de consolidação da dívida. Esta estratégia é a mais adequada para reembolsar grandes quantidades de dívida. Você pode transferir todos os saldos de contas de empréstimo e cartão de crédito na sua conta de empréstimo à habitação ou para um novo empréstimo home equity. Uma vez que o empréstimo de consolidação é garantido, a taxa de juro é muito menor em comparação com as taxas dos empréstimos pessoais inseguros e linhas de crédito. Isso resultará em menores pagamentos mensais e mais dinheiro livre para você gastar. Esta estratégia envolve uma quantidade considerável de risco. Se você padrão sobre o empréstimo garantido, o credor terá o direito de assumir a sua casa.

Passos para a Consolidação da dívida

Se você está lutando para pagar sua dívida atual e você está se metendo mais dívidas, você deve pedir ajuda profissional imediatamente. Quando você trabalha com um conselheiro da dívida ou um consultor financeiro, você terá a análise de sua posição financeira atual e uma estratégia eficaz para o pagamento da dívida. Você terá uma idéia clara de como pagar o que deve, sem acumular mais dívidas.

Você deve estar plenamente preparada para aplicar para um empréstimo de consolidação da dívida de modo que você pode fazê-lo depois de encontrar o produto de crédito mais adequada para você. Você tem que garantir que o seu histórico de crédito é tão bom quanto ele pode ser uma vez que o credor irá levá-lo em consideração ao decidir sobre a aprovação, na taxa de juro a cobrar. Você deve fazer o seu melhor para pagar todas as suas contas em dia durante os meses antes de fazer a aplicação. Você tem que estar absolutamente certo de que o empréstimo de consolidação que você pedir é o ideal para você. Isto é importante porque a realização de mais de um aplicativo pode prejudicar a sua pontuação de crédito muito mal.

Se você tem histórico de crédito ruim, você ainda pode ir para a consolidação da dívida. Você só precisa considerar os empréstimos para pessoas com crédito ruim.

1. Determinação de consolidação da dívida de Elegibilidade

Se a renda que lhe resta depois de pagar todas as suas despesas mensais exceder o pagamento mensal do empréstimo de consolidação, então você vai ficar as maiores chances de aprovação. Isto porque o risco para o credor será menor. Seu histórico de crédito tem que ser perfeito ou muito bom, pelo menos. Bad crédito irá diminuir suas chances de aprovação até o mínimo possível. Ainda assim, a maioria dos credores são bastante flexíveis e estão dispostos a conceder empréstimos a pessoas com algumas marcas pretas em seu registro de crédito. Um ou dois pagamentos em atraso não deve ter um impacto importante sobre a sua capacidade para se qualificar.

2. Erros a serem evitados

É um erro ter os custos de fechamento empréstimo de consolidação da dívida envolvida na montante do empréstimo ou removidos à custa de maior taxa de juros. Esses custos são incorridos com cada empréstimo e não há nenhuma maneira de se livrar deles. É melhor se você pagá-los na íntegra agora. As outras duas opções só vai fazer o empréstimo mais caro e mais difícil de pagar.

Outro erro que você deve evitar é tomar um empréstimo de consolidação da dívida que tem termos e condições desfavoráveis. Se você ainda vai ter dificuldade para fazer os pagamentos mensais, tal empréstimo será completamente inútil. Ao mesmo tempo, você não tem que desistir de consolidação. Você pode facilmente negociar melhores termos e condições com o credor. O provedor de empréstimo, certamente, mostrar alguma flexibilidade, especialmente se o seu negócio tem abrandado. Você deve tentar obter menor taxa de juros, os pagamentos mensais mais baixos e pagamento flexível.

3. Obtendo Suporte

Você tem que ter uma idéia clara do tamanho total de sua dívida no momento, a quantidade de dinheiro que você precisa tomar emprestado e do reembolso do novo empréstimo. Isso pode ser bastante desafiador para uma pessoa que não tem conhecimento extensivo e experiência em finanças. Ao mesmo tempo, você não gostaria de cometer um erro com algo tão importante. O melhor curso de ação, neste caso, é usar a ajuda de um conselheiro de crédito.

O conselheiro de crédito irá aparecer com a estratégia de consolidação da dívida mais eficaz para usar em seu caso e ajudá-lo a preparar um plano para o reembolso do empréstimo com base em um orçamento mensal preciso. Você vai ter ajuda para encontrar o empréstimo de consolidação da dívida mais adequado e com aplicação para ele.


Os credores em destaque (15)